ENTREVISTA CON LA HISTORIA ORIANA FALLACI PDF

Entrevista con la historia [Oariana Falllaci, Maria Cruz Pou, Antonio Samons] on Italian journalist Oriana Fallaci interviews well-known political figures. Results 1 – 19 of 19 Entrevista con la historia by Fallaci, Oriana and a great selection of related books , art and collectibles available now at : Entrevista con la historia () by Oriana Fallaci and a great selection of similar New, Used and Collectible Books available now at.

Author: Vozuru Ket
Country: French Guiana
Language: English (Spanish)
Genre: Spiritual
Published (Last): 19 May 2006
Pages: 175
PDF File Size: 11.39 Mb
ePub File Size: 4.9 Mb
ISBN: 154-1-21154-676-7
Downloads: 15670
Price: Free* [*Free Regsitration Required]
Uploader: Tugis

Todo jovem brasileiro deveria ler esta entrevista para saber o que foi a ditadura militar e para entender que existem padres e padres.

Foi o que aconteceu comigo. Nesse muro baixo mal se notava a pequena porta com sua pintura esmalte verde e uma campainha sem nome.

E talvez o mais inteligente, o mais corajoso. Mas ele paga por isso — Deus, e como ele paga! Mas o povo o adora.

Entrevistas históricas: Oriana Fallaci entrevista dom Helder Câmara – Socialista Morena

Recebeu os votos aos 22 anos de idade, quando se tornou um fascista. Oh, sim, dom Helder conhece bem os fascistas, se conhece. Eu o seguia com o olhar e pensava em Camilo Torres, o jovem padre que largara a batina para empunhar uma arma e morrera em seu primeiro combate, com uma bala no meio hishoria testa.

A jovem Oriana Fallaci com seu enorme gravador. E, de fato, dificilmente o senhor seria cob homem conveniente para o Vaticano. Vamos falar um pouco sobre isso? Quando denuncio as torturas no Brasil, fal,aci papa fica sabendo. Vamos falar disso, dom Helder? Helder — Bem, as coisas eram assim mesmo. Estive em Paris e eles me pediram para dizer-lhes o que estava acontecendo.

  DGN CLAM SQUID PDF

E relatei incidentes que eu mesmo confirmara. Como o senhor julga esses homens? Helder — Como a senhora quer que eu os julgue?

Sempre deixando a assinatura CCC. Mas nunca me feriram. Eu nem mesmo respondo. Eu sorrio e desligo. Mas por que atender ao telefone? Por que eu tenho o dever de atender ao telefone.

Biografía de la periodista italiana Oriana Fallaci

A cada meia hora, trim-triim! Como podemos permitir que a maioria dos homens seja explorada e viva como escravo? Deus pode correr o risco de ser considerado injusto. E que eu posso dizer a essas pessoas? O que eu posso dizer? Em mim ele despertou quando eu era jovem.

Eu tinha 22 anos de idade, sonhava em mudar o mundo, eu via o mundo divertido em direita e esquerda, fascismo e comunismo. Os integralistas usavam camisas verdes em vez das pretas dos italianos de Mussolini. Como eu julgo agora? Quando eu me engajei? Detesto aqueles que permanecem passivos, que ficam quietos, e amo aqueles que ffallaci, que se envolvem. Eles tinham um plano em mente: Nem os jovens e nem os trabalhadores se mexeram. Nos Estados Unidos, na Europa, em todos os lugares.

Helder — Eu tentarei. Estou tentando agora, conversando com a senhora nessa entrevista. A Igreja tem estado sempre preocupada demais com o problema de manter a ordem, de evitar o caos, e isso a manteve distante de perceber que sua ordem era muitas vezes uma desordem.

  4800B IC PDF

Fallaci — Meu Deus, dom Helder! Helder — Ele sabe, ele sabe. Foram sempre as minorias que mudaram o mundo, rebelando-se, lutando, e despertando as massas. Alguns padres aqui, alguma guerrilha ali, algum bispo aqui, algum jornalista ali. E sempre chega o dia em que ele lembra o que leu. Eu realmente acredito em Cristo. Ser um padre nunca me desapontou, nem me provocou arrependimentos.

Se eu perdi certas alegrias, tive e tenho outras muito mais sublimes. Durante o dia sou um homem frugal. Mas o fato permanece: Helder — Se isso chegasse a acontecer eu ka um padre com uma espingarda no ombro. Fallaci — Obrigada, dom Helder.

Una fuerza natural: la vida de Oriana Fallaci

Parece-me que isso diz tudo, dom Helder. Vale a pena olhar o acervo. Helder, que havia lido em, digamos, tempo real, sempre me emocionou. Em fevereiro, o arcebispo metropolitano, dom Odilo Scherer,…. Dom Helder com Abdias do Nascimento. Direitos Humanos As pessoas nascem ou se tornam gays? Politik Basta de Simone e Frank Sinatra: